UFC: em evento com cinco brasileiros, Blachowicz e Rakic ​​duelam de olho em Glover | combate

O UFC deste sábado traz um confronto decisivo dos meio-pesados ​​na luta principal. Ex-campeão e número 1 do ranking, o polonês Jan Blachowicz busca a virada e encara o terceiro colocado, o austríaco Aleksandar Rakic. Os dois acreditam que um triunfo pode colocá-los em condições de brigar pelo cinturão, atualmente ocupado por Glover Teixeira.

Jan Blachowicz enfrenta Aleksandar Rakic ​​no UFC — Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC

Antes disso, cinco brasileiros estarão em ação no evento em Las Vegas. A Combate transmite o “UFC Blachowicz x Rakic“Ao vivo e exclusivamente neste sábado a partir das 20h20 (horário de Brasília). combat.com transmite o “Aquecimento de Combate” e as duas primeiras lutas ao mesmo tempo, assim como o SportTV 3 é o Combater o YouTube. O site acompanha o evento em tempo real.

Blachowicz e Rakic ​​na elite da divisão

Para Blachowicz, será sua primeira luta desde que perdeu o título para Glover em outubro do ano passado. O polonês nem gosta de pensar nessa derrota, mas está determinado a ganhar mais uma chance para enfrentar o brasileiro, que primeiro precisa passar por Jiri Prochazka em junho. Esse caminho de retorno começa com uma vitória sobre Rakic, que ele sabe que não será fácil.

– Vai ser uma luta dura. Estou curioso. Quero sentir a potência dele, quero ver o que ele tem para mim, estou pronto para isso. Ele luta de pé, eu gosto de lutar de pé, então acho que essa luta vai ser 80 ou 90% de pé. Acho que vai ser uma boa luta para os fãs assistirem. Estou pronto para qualquer coisa”, disse Blachowicz.

Se o polonês precisar vencer mais algumas lutas para ter outra chance, Rakic ​​acredita que a hora dele é agora. O austríaco venceu suas duas últimas aparições no octógono, mas não competia no UFC desde março passado, sempre esperando o adversário que poderia colocá-lo na pole position pelo cinturão. O ex-campeão é exatamente o que ele queria para isso.

– Quem mais? Vencer Jan, primeiro colocado e ex-campeão, deve ser uma luta eliminatória pelo cinturão – argumentou Rakic.

Brasileiros buscam recuperação

Dos cinco brasileiros presentes no programa, quatro vêm de derrotas e estão tentando dar a volta por cima. A primeira a lutar é a peso-palha Virna Jandiroba, que enfrentará a americana Angela Hill. Logo depois, é a vez de Alan Nuguette, peso leve, que enfrenta o americano Michael Johnson, ex-vice-campeão do TUF. A peso mosca Viviane Araújo enfrenta a americana Andrea Lee na luta final do card preliminar.

Katlyn Chookagian (esquerda) e Amanda Ribas (direita) se enfrentam na pesagem — Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC

No card principal, também está o peso mosca Allan Puro Osso, companheiro de Nuguette e Charles Do Bronx, que enfrenta o inglês Jake Hadley. Mais à frente está a única brasileira a vir de vitórias no card: a mineira Amanda Ribas, que sobe para o peso mosca para enfrentar Katlyn Chookagian, primeira colocada na categoria.

– A vida é uma loucura. Ficou na outra categoria e ranking. Cada passo que eu dava era uma emoção, e agora estou lutando contra uma pessoa de outra classificação, superior à minha. Estou mais perto de lutar pelo cinturão na divisão superior do que na minha. Algo que eu só esperava mais tarde. É isso que está me deixando tão motivada”, Amanda se entusiasmou.

UFC Blachowicz x Rakic
14 de maio de 2022, em Las Vegas (EUA)
CARTÃO PRINCIPAL (23:00 GMT):
Peso meio-pesado: Jan Blachowicz x Aleksandar Rakic
Peso meio-pesado: Ryan Spann x Ion Cutelaba
Peso galo: Davey Grant x Louis Smolka
Peso mosca: Katlyn Chookagian x Amanda Ribas
Peso leve: Frank Camacho x Manuel Torres
Peso mosca: Jake Hadley x Allan Pure Bone
CARTÃO PRELIMINAR (20h30, horário de Brasília):
Peso mosca: Viviane Araújo x Andrea Lee
Peso leve: Michael Johnson x Alan Nuguette
Peso palha: Virna Jandiroba x Angela Hill
Peso mosca: Tatsuro Taira x Carlos Candelario
Peso médio: Nick Maximov x André Petroski

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.