Túnel do Amor: Maíra Labanca quebra silêncio em caso de assédio e desabafa sobre toques inadequados: “Foi assustador”

Esta semana, o reality show “Túnel do amor” mostrou as cenas que levaram o participante Allan Bonne ser expulso do programa sob a acusação de ter assediado seu colega de confinamento, Maíra Labanca. A atriz e cantora concedeu entrevista exclusiva hugogloss. com sobre o ocorrido, contou como está lidando emocionalmente com o caso e explicou como tomou conhecimento do ocorrido.

“Foi assustador assistir às filmagens e não lembrar de nada que eu tinha feito ou dito.” disse a mineira, referindo-se ao fato de estar bêbada na época. A produção do reality show deu ao artista a opção de exibir ou não as cenas em rede nacional. Maíra destacou que no início pensou em não dar a autorização, mas voltou por um motivo especial. “Foi a decisão mais difícil da minha vida, decidir se iria ou não transmitir a filmagem. Porque eu sabia que seria muito ruim para mim, só havia desvantagem em olhar para o meu lado, é uma exposição pesada, mas eu pensei que era eu, uma pessoa, contra tantas mulheres que eu poderia ajudar.”começou.

“São imagens muito constrangedoras, eu estava inconsciente e não me lembro de nada, tenho vislumbres na memória. Graças a Deus eles estavam filmando. Quantas mulheres não tiveram a ‘sorte’ de serem filmadas durante um abuso? Quando percebi isso, pensei em quantas mulheres tinham a mesma vergonha que eu estava sentindo e que eu deveria superar minha vergonha porque não é sobre mim, é sobre todas nós mulheres. Não se trata de um fórum íntimo a meu ver, é algo maior do que eu”avaliou Labanca.

Allan tentou dormir com Maira. (Foto: Reprodução/Multishow)

Maíra também comentou brevemente as atitudes de Allan, revelando que houve toques inadequados. “[Ele tocou] nas minhas partes íntimas, duas vezes. E nas duas vezes eu disse não.” declarado. Ao hugogloss. com, a atriz declarou que achou justa a expulsão de Allan, com quem não teve contato desde então. Sobre a possibilidade de tomar as medidas legais cabíveis no caso, a mineradora acrescentou que ainda está “avaliando” o que fará. Agora, ela só quer que sua participação em “Tunnel of Love” não se reduza ao que aconteceu. “Gostaria que você visse a Maíra como uma atriz que entrou no programa pensando em um sonho”disse.

Continuar após a publicidade

Formado pelo Grupo Galpão, de Minas Gerais, o Labanca estreia nos cinemas no segundo semestre deste ano, no filme “Faixa Preta”. Recentemente, ela foi a grande musa do rapper Shaman no clipe de “Sagitário”. Maíra também continua investindo na carreira musical solo, inclusive trazendo composições que incentivam o empoderamento feminino, como “Eu Quero, Eu Posso”. Seus planos profissionais incluem o lançamento de uma faixa inédita, que está em fase de produção do estúdio.

entenda o caso

Allan Bonne foi expulso do “Túnel do amor“Depois de acusações de assédio. Em determinado momento do episódio de 11 de maio, o participante foi acusado de “ultrapassar limites” ao consolar Maíra Labanca, que estava embriagada. A multishow mostrou a cena em que o menino pediu para dormir com a atriz, que recusou. Sem permissão, o menino acariciou o corpo do colega, que novamente recusou sua companhia.

Houve um momento, porém, que internautas o acusaram de masturbar a garota. O teor alcoólico da atriz deixou os espectadores preocupados. “Estou sensível hoje. Por que você agarrou minha bunda sem que eu deixasse?disse Maiara. “Na bunda?”perguntou Alan. “Estou quente, eu sei. Eu gosto [de toque] na frente, não atrás”respondeu Maiara.

“Ah, sim? Então espere. Você realmente gosta disso?”disse Allan, passando a mão por baixo das cobertas. “Uau, posso dormir com você?”perguntou o menino. “Não, eu não quero mais saber sobre os homens”, respondeu Maiara. Mais tarde, o rapaz chegou a levantar a blusa da atriz, deixando uma parte de suas nádegas expostas. “Pare, você está louco?”, repreendido.

Continuar após a publicidade

Após a repercussão negativa das imagens, a emissora optou por desconectar Allan do programa. “’Túnel do amor’ é um reality show sobre relacionamentos e, durante a temporada, ocorrem momentos de intimidade entre os participantes. As relações devem obedecer à regulamentação, que é conhecida de todos, e não há tolerância quando as regras de convivência são desrespeitadas. Foi o que aconteceu nesta edição.”disse a nota enviada ao jornal Extra.

Segundo o Multishow, a expulsão do participante será exibida no episódio desta sexta-feira, 13 de maio. “Assim que a produção recebeu denúncias envolvendo dois participantes, medidas foram tomadas. E, em nome da transparência e respeito ao público do Multishow e também de acordo com a vontade dos envolvidos, tudo será mostrado no programa, na ordem cronológica dos eventos”encerrou a transmissão.

Continuar após a publicidade

Allan, por sua vez, afirmou que “muita coisa foi editada do que aconteceu dentro de casa”. “O programa tirou vários papéis que aconteceram antes do que está sendo exibido”, declarado. Em outro post feito nas redes sociais, o menino escreveu que se participasse novamente “mudou algumas coisas”. “Não entrei para causar nenhum desconforto, quero deixar claro que sou contra qualquer tipo de assédio. […] Na vida, tudo pode ser melhorado. Tudo é uma experiência, que levarei comigo pela vida com altos e baixos”fechado.

Fotojet
Allan Bonne falou nas redes sociais. Fotos: Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.