Transporte no Brasil vai entrar em colapso, diz Chorão, líder dos caminhoneiros

Líder dos caminhoneiros durante as manifestações de 2018, Wallace Landim, o Grito (foto em destaque)disse, em conversa com o metrópolesque o transporte no Brasil entrará em colapso.

Na terça-feira (5/10), o Petrobras elevou em 8,86% o preço do diesel vendido às refinarias. O valor médio do combustível passou de R$ 4,51 para R$ 4,91, segundo a empresa.

“O transportador está parando naturalmente. O transporte entrará em colapso. Não pode repassar tudo, mas uma parte repassa, e isso vai para os supermercados”, disse Chorão, que também é presidente da Associação Brasileira dos Motoristas de Veículos Automotores (Abrava).

0

O caminhoneiro virá a Brasília nesta quinta-feira (12/05) para conversar com parlamentares, em busca de uma solução.

Na última segunda-feira (05/09), Chorão indicou ao metrópoles que categoria estuda a possibilidade de promover um ato contra o Estado. “Vimos a última posição de Bolsonaro pedindo à Petrobras para baixar o preço do combustível. Vimos o presidente indignado. Então, ele está pedindo para o povo sair e pressionar a Petrobras?” ele perguntou.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a criticar duramente a empresa na última quinta-feira (5/5).

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, o presidente-executivo federal disse que é um “crime” e um “estupro” a empresa ter lucro “abusivo” em tempos de crise. “Faço um apelo: Petrobras, não quebre o Brasil”, implorou o presidente, aos berros.

O Sindicato dos Transportadores Autônomos Rodoviários de Mercadorias do Espírito Santo (Sindicam-ES) anunciou que o Caminhoneiros autônomos do estado entrarão em greve a partir das 12h01 desta quarta-feira (5/11).

já o Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) afirmou que, após o aumento do preço do diesel anunciado pela petroleira“é necessária uma ação conjunta de todos os setores que dependem de combustíveis para o exercício de sua atividade econômica”.

Receba notícias de metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.