Técnico que lançou Rodrygo lembra como o ‘apresentou’ a Tite e os bastidores da venda ao Real Madrid

Em ascensão no Real Madrid, Rodrygo é monitorado por Tite desde que se profissionalizou em conversa com Jair Ventura


Jair Ventura talvez ele tenha ficado surpreso citado publicamente por Tite durante o penúltima convocação da seleção brasileira antes Copa do Mundo no Catar. ao falar sobre rodrygoem estado de graça no Real Madridque enfrenta o levantarnesta quinta-feira (12), com transmissão ao vivo na ESPN no Star+o técnico canário lembrou-se do colega que agora comanda o Goiás, responsável por apresentá-lo ao atacante.

“Só tenho a falar de Jair Ventura. Foi ele quem o lançou no santos. Foi ele que possibilitou no contato que tive falar sobre todas as características e qualidades do Rodrygo. Lá, o acompanhamento do atleta e sua evolução”, revelou Tite.

Em entrevista exclusiva com ESPN.com.br, Jair Ventura lembrou como foi esse contato com Tite que, indiretamente, abriu as portas da seleção para Rodrygo. A conversa aconteceu em 2018, quando o treinador passou alguns meses na Vila Belmiro e deu ao então jovem de 17 anos sua maior sequência no time principal.

“O Tite me ligou para falar de outro jogador que eu tinha treinado. E enquanto eu estava lá, falei do Rodrygo, que era um menino da base que estava surgindo no profissional. Ele me perguntou como era o Rodrygo e eu falei do seu características”, lembrou Jair .

Pouco mais de um ano depois, no Real Madrid, Rodrygo foi convocado pela primeira vez para defender a seleção e iniciou sua jornada até o presente, em que, seis meses antes da Copa, vive a grande expectativa de fazer parte do grupo que buscará o sexto título mundial no Catar.

O momento é o melhor possível. A temporada atual é a principal temporada de Rodrygo no Real em número de jogos (45), gols (8) e assistências (8). E pensar que nada disso poderia acontecer se não fosse, além do talento óbvio do atacante, um conselho do próprio Jair Ventura no Santos.

“No começo, o Rodrygo jogava na esquerda. Um dia eu disse a ele qual era seu lado favorito, ele respondeu que era da esquerda. Eu disse: ‘Digamos que você vá para a seleção e Neymar jogue lá. Você não vai jogar? Vamos trabalhar para você jogar na direita também’. Hoje ele joga na direita no Real, mas pode jogar no meio como um número 10″, disse o técnico, que vê o ex-aluno como um jogador muito acima da média.

“Ele não é apenas um driblador, como ficou claro em seu primeiro hat-trick pelo Real: marcou um gol de cabeça, um com o pé esquerdo e outro com o direito. Ou seja, está completo. , lembro que Victor Ferraz me olhou espantado e riu. Ele é diferente de Vin, que tem mais poder, mais tapa e drible. o rodrygo pensa mais no jogo, cobra falta, escanteia e faz o último passe. Em 2018, ele disse que seu limite era o céu para a qualidade.”

Apesar de toda a sua capacidade de jogar bola, Rodrygo não durou muito no futebol brasileiro. Subiu para o time principal do Santos em 2017 e jogou até meados de 2019, quando se transferiu para a Espanha pelo preço de 45 milhões de euros (R$ 193 milhões na época). A venda para o Real Madrid, diz Jair Ventura, foi algo que o jovem sempre sonhou e causou uma história curiosa nos bastidores.

“Em 2018, ele parecia um adulto. Ele foi muito claro e objetivo no que queria. Quando chego a um clube, costumo fazer uma análise com todos os jogadores e saber quais são os objetivos. Ele já tinha essa ideia clara de jogar na Europa. Perguntei: ‘Algum clube específico?’ Ele respondeu: ‘Sim, no Real Madrid‘. Já era um sonho dele na adolescência”, disse Jair.

“Pouco depois, ele entrou por alguns minutos pela primeira vez e assumiu. Após 22 jogos, o presidente do Santos me liga: ‘Ganhamos a Copa do Brasil três vezes‘. Eu respondi: Presidente, estamos na Libertadores’. Eu refleti para mim mesmo: ‘o presidente não está bem‘. Ele disse: ‘Vendemos o Rodrygo por 45 milhões de euros'”, lembrou o atual comandante goiano, que, de longe, torce pelo sucesso da joia que ajudou a lapidar.

“Ele sempre foi muito diferente e nós só tínhamos o papel de escalá-lo. Estou feliz por tudo o que ele conquistou”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.