Protocolo de Vênus perde US$ 11 milhões após colapso do LUNA; Compreendo

O protocolo financeiro descentralizado (DeFi) Vênus foi um dos impactados pelo fim da criptomoeda LUNA após o colapso da stablecoin TerraUSD (UST).

O protocolo supostamente perdeu mais de US$ 11 milhões depois que a Chainlink interrompeu seus feeds de preços do LUNA em meio à liquidação do mercado.

De acordo com a equipe do Venus Protocol, após a pausa, alguns usuários conseguiram forçar depósitos na plataforma, resultando na perda de milhões.

entenda o caso

Na quinta-feira (11) a equipe publicou em seu blog uma nota detalhando o caso.

“Hoje, tomamos conhecimento do comportamento errôneo dos preços do LUNA no Protocolo de Vênus. Após investigação, descobriu-se que o feed de preços havia sido pausado pela Chainlink devido a condições extremas de mercado”.

De acordo com a equipe, o preço da criptomoeda da rede Terra foi listado pela última vez em cerca de US$ 0,107. Enquanto isso, o preço de mercado era de US$ 0,01. Para diminuir o risco dessa situação, o protocolo foi pausado usando PauseGuardian via multisig.

Ainda de acordo com a equipe, dados os riscos contínuos do mercado LUNA e para eliminar a possibilidade de mais déficit, a comunidade pediu a suspensão imediata do mercado LUNA.

O protocolo refere que dispõe de um Fundo de Risco que será utilizado para remediar o défice resultante deste evento.

Desligamento no Protocolo de Vênus

Além disso, foi necessário um desligamento temporário do feed de preços do LUNA:

“O feed de preços do LUNA será temporariamente definido como 0 usando OracleAdmin via multisig. Isso desativará efetivamente o mercado e, como um subproduto não intencional, desativará temporariamente o protocolo para todas as carteiras que têm uma posição no LUNA.”

A equipe disse mais tarde que um VIP será preparado pedindo à comunidade para definir o fator colateral do LUNA para zero. Depois disso, o feed de preços da Chainlink será reativado, permitindo saques e liquidações.

Em sua conta no Twitter, a equipe informou nesta sexta-feira (13) sobre o período de paralisação:

“Vênus será retomado em 48 horas (de acordo com o bloqueio de tempo). Toda a liquidez ainda está contida no protocolo. Não haverá liquidação durante este período. Continuaremos a fornecer atualizações até que o Vênus seja retomado.” eles disseram.

Protocolo de rede Avalanche sofreu caso semelhante

O jornalista chinês de criptomoedas conhecido como Wu Blockchain comentou o caso em sua conta no Twitter.

“A Venus Protocol emitiu um comunicado dizendo que perdeu US$ 11,2 milhões devido à suspensão da Chainlink das atualizações de preços do LUNA. E o mercado de empréstimos LUNA está atualmente em espera.”

Segundo ele, o Blizz Finance, protocolo de empréstimo da rede Avalanche, também sofreu algo semelhante:

“Vários atacantes depositaram milhões de LUNA, que ainda valem 10 centavos de acordo com o oráculo Chainlink, para fazer empréstimos garantidos.”

Como relatou o jornalista, durante a volatilidade sem precedentes no criptomoedaso valor mínimo “break” para os feeds de preços para o par LUNA/USD foi acionado automaticamente.

Esse “destruidor” é um componente de uma abordagem de segurança de defesa mais ampla. Ou seja, serve para proteger contra crashes e outras formas de manipulação de mercado.

Leia também: Queda do Bitcoin causa desvalorização de 40% nas reservas de El Salvador

Leia também: Coreia do Sul implementará criptomoedas no sistema institucional até 2024

Leia também: GAM Holding vai investigar notícias falsas sobre resgate de US $ 3 bilhões na Terra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.