Mateus Vital elogia trabalho de Vtor Pereira e fala sobre possível retorno ao Corinthians

Há pouco mais de oito meses na Grécia, o meia Mateus Vital está emprestado do Corinthians ao Panathinaikos até 30 de junho, mas seu futuro ainda é incerto. O atleta confirmou que deve retornar ao Brasil para decidir se vai integrar o elenco de Vítor Pereira ou se permanecerá na seleção europeia – o Panathinaikos tem o direito de compra estipulado em 4 milhões de euros (cerca de R$ 22,8 milhões).

”Minha esposa está indo para o Brasil agora, dia 13, e minha filha tem que ir com minha esposa. Vai acabar aqui (o campeonato) no dia 21, tenho que voltar ao Brasil, tenho contrato com o Corinthians até dezembro de 2023 e, quando chegar ao Brasil, falaremos sobre meus próximos passos”, disse Mateus Vital em entrevista ao ge.globo.

O jogador de 24 anos atuou em 39 jogos pela seleção grega e marcou três gols – além de dar uma assistência. O time joga a reta final da temporada e ainda tem decisões pela frente, como a disputa por uma vaga na Liga Europa. Vital acredita que, por conta disso, as definições sobre seu futuro ainda não foram discutidas.

“Ainda não chegou nada para mim, não sei se conversaram com o Corinthians ou se meus representantes estão sabendo de alguma coisa. Como estamos nos aproximando da reta final, é hora de muita decisão aqui, não sabemos se vamos para a Liga Europa, acho que eles estão esperando a definição disso para decidir os jogadores que vão ficar por a próxima temporada. Acredito que essa definição passa pela nossa classificação. Outros jogadores estão em situação semelhante e se fala muito sobre isso, como vai terminar nossa temporada para começarmos a conversar”, ainda disse o jogador.

Com essa incerteza, então, Mateus Vital não esconde o desejo de continuar trabalhando na Europa. O meio-campista, no entanto, afirmou que congratula-se com um retorno ao clube do Parque São Jorge, se necessário.

”Sempre sonhei em poder trabalhar na Europa, vim para cá e fiz minha primeira temporada aqui. Tenho contrato com o Corinthians até dezembro de 2023, não sei o que vai acontecer, se for da vontade de Deus e do Corinthians que eu permaneça, terei muito prazer em vestir essa camisa novamente, sem comentários sobre a grandeza disso clube. Será muito emocionante e muito importante para minha carreira vestir a camisa do Corinthians novamente”, deixou claro o meia.

”Se eu puder ficar na Europa, vou procurar uma vaga, ou se o Panathinaikos quiser me comprar ou conversar com o Corinthians para ceder novamente, ficarei muito feliz também, encarando como um momento importante na minha carreira. , que será a minha afirmação na Europa. . Tenho que ir atrás dos meus objetivos, fazer uma boa temporada para poder ficar”, acrescentou.

Apesar de focado nas disputas na Grécia e na vontade de permanecer na Europa, Vital continua acompanhando as partidas do Corinthians e aproveitou para deixar seu elogio a Vítor Pereira. O jogador destacou ainda a boa sequência da equipe e a forma como o comandante vem utilizando o elenco.

“Desde que posso, assisto aos jogos ao vivo. Quando isso não acontece, eu assisto os melhores momentos. Assisti ao jogo contra o Bragantino, estava voltando de um dos nossos jogos, cheguei em casa às 23h, e o jogo do Corinthians começou à meia-noite. Foi fácil ver, quando ele volta do jogo, demora muito para adormecer. Que bom que o Corinthians conseguiu sair com a vitória’, explicou.

”Esse elenco é qualificado por muitos jogadores, tem um treinador que sabe usar muito bem esse elenco, está fazendo esse trabalho usando todo mundo. Estou muito feliz que o Corinthians está conseguindo atingir seus objetivos, bem no Brasileiro e na Libertadores teve bons resultados, está tudo a caminho da classificação. No Brasileiro você tem que continuar fazendo esse bom trabalho, ficar no topo da tabela e quem sabe conquistar o título, o que seria muito importante”, contínuo.

Além de falar sobre o atual time do Corinthians, Vital também comentou sobre a força da Fiel. O jogador mostrou seu carinho pela torcida alvinegra e comparou com a torcida do Panathinaikos.

Cara, é até difícil falar da torcida do Corinthians. Eu nunca vi o mesmo, para ser honesto. É algo muito diferente, a torcida do Corinthians é algo diferente. Mas os fãs do Panathinaikos são muito fanáticos. Em todos os jogos eles quase encheram o estádio, estão sempre nos apoiando. Eles vieram de épocas não muito boas, às vezes a torcida estava relaxada, mas não eles. É uma galera muito fanática, eles cantam por quase 90 minutos, sempre tem música lá. A final será no estádio olímpico aqui, estádio municipal, bonito, muito bonito, e será 50% para cada lado.”

Mateus Vital tem contrato com o Corinthians até 31 de dezembro de 2023. Caso retorne ao Timão em junho, só poderá ser inscrito pelo clube nas respectivas competições a partir de 18 de julho, quando abre a janela de transferências do Brasil para o segundo tempo.

Veja mais em: Mateus Vital e Jogadores Emprestados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.