Covid na China: Brasileiro em Xangai relata medo de contrair covid e ser forçado a isolamento

  • Nathalia Passarinho – @npassarinho
  • Da BBC News Brasil em Londres

Camila Félix

Crédito, Arquivo pessoal

legenda da foto,

“Já tive várias crises de choro pensando no que pode acontecer com meus cachorros se eu pegar covid”, diz Camila Félix

A brasileira Camila Félix está trancada, sozinha com seus três cachorros, em um apartamento em Xangai, na China, há mais de 40 dias. Até terça-feira (10), ela poderia descer por alguns minutos, para um passeio rápido com os animais no condomínio.

Mas nesta quarta-feira (11), o segurança do complexo de prédios onde mora anunciou no megafone: “Ninguém pode sair dos apartamentos, esse prédio está em alerta vermelho para covid”.

Agora, ela só pode abrir a porta de sua casa para pegar suprimentos emergenciais enviados pelo governo, como alimentos e produtos de higiene, e colocar o lixo do lado de fora.

“A situação é muito imprevisível. Não sabemos quanto tempo vai durar. O lockdown começou em 1º de abril e deveria durar quatro dias, mas já se passaram mais de 40 dias”, conta ela à BBC News Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.