Como uma empresa estatal destronou a Apple do topo das empresas mais valiosas do mundo

Tim Cook, CEO da Apple

Crédito, Imagens Getty

legenda da foto,

Ações da Apple caíram mais de 5% em Nova York nesta quarta-feira (11/5)

A Apple perdeu sua posição como a empresa mais valiosa do mundo em meio a uma venda maciça de ações de tecnologia.

Nesse cenário, a Aramco, produtora estatal de petróleo e gás da Arábia Saudita, passou para o topo da lista. É a primeira vez que a Aramco ocupa o primeiro lugar desde 2020.

Os investidores têm vendido ações de empresas de tecnologia à medida que avançam para o que consideram ativos menos arriscados.

O Nubank brasileiro, por exemplo, o maior banco digital do mundo, é um dos que vem sofrendo com esse movimento. Desde sua estreia na Bolsa de Nova York, em dezembro do ano passado, suas ações já caíram 60% e a fintech perdeu a posição de banco mais valioso do Brasil e da América Latina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.