Com pipoca, Flamengo chega ao Ceará sob pedidos de “respeito e compromisso”; Lacy é amaldiçoado | série brasileira a

A Flamengo desembarcou em Fortaleza na noite de sexta-feira, véspera do confronto com o Ceará, marcado para sábado, às 16h30 (GMT), no Castelão, sob muito protesto. Pipoca jogada em Marcos Braz, que foi vaiado, e xingamentos em Rodolfo Landim deram o tom da chegada rubro-negra.

Quando o ônibus chegou à entrada do hotel, às 20h10 (GMT), começaram os gritos de “Queremos respeito e compromisso, aqui não é Vasco, é Flamengo“. O presidente Rodolfo Landim, que não estava com a delegação, foi o mais amaldiçoado. Fãs gritaram: “Landim, vai p…, meu Flamengo não preciso de você” (veja os vídeos acima e abaixo).

Torcedores aguardam Flamengo em Fortaleza com brindes, hino e protesto

Torcedores aguardam Flamengo em Fortaleza com brindes, hino e protesto

Pipoca foi jogada quando Bruno Spindel e Marcos Braz saíram do ônibus da Flamengo. O alvo principal era o Braz.

Pipoca foi jogada na delegação do Flamengo na chegada a Fortaleza — Foto: Eric Faria

Pipoca no chão enquanto David Luiz, do Flamengo, presta atenção na torcida — Foto: Eric Faria

Durante o pouso, não houve protesto direcionado aos jogadores. Os primeiros que desceram do ônibus mostraram rostos preocupados, mas aos poucos atletas que já haviam estado muito atentos em recepções anteriores repetiram a dose.

David Luiz mais uma vez ficou por longos minutos com os fãs. Pablo, que ganhou reconhecimento nacional com a camisa cearense, também foi muito atencioso. Everton Ribeiro, Rodrigo Caio, Matheuzinho e Rodinei fizeram o mesmo.

Pablo foi muito atencioso com os torcedores do Flamengo — Foto: Beatriz Carvalho

David Luiz encontra torcedores no hotel Flamengo — Foto: Eric Faria

Apoio a Paulo Sousa e David Luiz antes do protesto

Antes de toda a pressão exercida sobre o tabuleiro, a atmosfera era de divisão em concentração. Houve apoio e demanda.

Minutos antes da chegada da equipe, um grupo de integrantes de uma organização se posicionou em frente à entrada principal do campo de concentração do Rio de Janeiro e exibiu cartazes contra o departamento médico, o presidente Rodolfo Landim e o vice-presidente de futebol Marcos Braz. Na última delas, a colocação rubro-negra no Brasileiro (14º) é alvo de reclamação.

Um grupo de torcedores de uma organização do Flamengo protesta contra a diretoria e o DM — Foto: Beatriz Carvalho

O torcedor do Everton Felipe, rubro-negro e morador da capital cearense, repetiu o gesto que fez em 2019 com Jorge Jesus antes da vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza. foi para o hotel Flamengo entregar a imagem do Padre Cícero, padroeiro de Juazeiro do Norte e tratado como santo no Ceará. Também fez retratos de Paulo Sousa e David Luiz feitos em xilogravuras, impressos em pedra cariri.

Everton encomendou a arte de Dona Graça e Rafael, que moram na cidade de Nova Olinda. Ele explicou por que escolheu Paul e David como homenageados.

– David Luiz e Paulo Sousa são muito carismáticos com a torcida e dão muito carinho e atenção a todos. Gostaria de presenteá-los para dar toda a sorte ao time rubro-negro – disse o jovem.

Everton Felipe fez xilogravuras de Paulo Sousa e David Luiz e a imagem do Padre Cícero — Foto: Beatriz Carvalho

Em outro tom, o torcedor Leonardo Souza, que não poderá comparecer à Arena Castelão por estar de plantão no horário do jogo, expressou toda a sua insatisfação com Rodolfo Landim, Marcos Braz, Bruno Spindel e Paulo Sousa.

– É um protesto contra a diretoria, contra o treinador e contra os jogadores porque o time está caindo muito e jogando muito mal. É o quarto treinador ruim que o Braz contrata – disse Leonardo.

Leonardo Souza tirou uma imagem para protestar contra técnico e dirigentes do Flamengo — Foto: Eric Faria

A podcast do Flamengo está disponível nas seguintes plataformas:

Assista: tudo sobre Flamengo na ge, na Globo e na sportv

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.