Após treino, Hebert Conceição elogia boxe de Anderson Silva: “Alto nível” | combate

Ex-campeão do UFC, Anderson Silva contou com uma ajuda de luxo na preparação para enfrentar Bruno Caveira, sábado, pelo Global Titans Fighting 3, em partida de exibição marcada para acontecer no heliponto do Hotel Burj Al Arab, em Dubai (EAU). Trata-se do boxeador Hebert Conceição, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021, e com quem dividiu o ringue no ginásio Team Nogueira, nos Emirados Árabes Unidos, nesta reta final do camp. A Combate transmite o evento exclusivamente a partir das 15:00 (horário de Brasília)

Hebert Conceição (à direita) “divide” o mestre Luiz Dórea com Anderson Silva — Foto: Arquivo Pessoal

Unidos pelo mesmo técnico da nobre arte, os renomados Luiz Dórea, Hebert Conceição e Anderson Silva eles já haviam se falado pelo celular, mas só se conheceram pessoalmente no final de abril, em Dubai. o baiano, que fez história com um nocaute épico nas Olimpíadastreina para fazer sua estreia no boxe profissional – ainda sem data definida – e ajudou a afiar as armas de Spider.

– O Anderson vem do muay thai, lutou MMA a vida toda, mas todo mundo sabe que ele é diferente até no boxe. Ele tem um nível muito alto, habilidade natural, é solto, habilidoso com as pernas e os braços. O boxe de Anderson é top, não é à toa que ele enfrentou o boxeador Julio Cesar Chavez Junior, ex-campeão, e venceu. A expectativa é a melhor possível, ele está preparado, confiante. Ele vai enfrentar um atleta duro e experiente, mas o nível de Anderson está acima. Ele está pronto para dar mais um show – declarou Hebert, em entrevista exclusiva ao Combate, citando o triunfo de Spider, junho de 2021.

Se, por um lado, Hebert Conceição conseguiu compartilhar suas dicas como campeão olímpico, por outro, o baiano absorveu o conhecimento de um ícone do MMA, que reinou como o melhor lutador do mundo durante anos.

– Mesmo sendo mais novo, pude ajudá-lo trocando ideias, repassando visões de boxe, especificamente, já que ele era atleta de MMA. Na prática, treinamos juntos, tínhamos uma ótima estrutura para trabalhar. O Anderson é muito bom no boxe, ajudei muito na preparação. Ele me deu suas experiências, situações que viveu, me ensinou a lidar com elas e me aconselhou a evitar algumas outras. Ele passou a bagagem de quem vivenciou tudo nesse ambiente, foram altos e baixos. Foi gratificante aprender com ele, gostei muito.

Anderson, Dórea e Hebert Conceição no topo do hotel onde será realizado o evento — Foto: Arquivo Pessoal

Aos 24 anos de idade – 23 a menos que Anderson Silva – Herbert Conceição é fã do Spider desde a juventude. Ele, que está pensando em fazer novos treinos com o compatriota, revela que ficou grudado na televisão para assistir seu mais novo amigo no octógono.

– Antes de começar a treinar, eu já assistia as lutas dele, perdi muitas noites de sábado para vê-lo. Eu era fã de verdade, comprei uma enciclopédia de MMA, porque quando comecei a ideia era ser lutador de MMA. Os caminhos me levaram ao boxe, mas, com certeza, ele foi e é uma inspiração, uma referência, para mim, no esporte. Fizemos um treino duro e de qualidade, e nas próximas lutas vamos treinar juntos se pudermos.

a luta de Anderson Silva contra Bruno Caveira (até 88kg), marcado para oito rounds de três minutos, será a penúltima edição da terceira edição do Global Titans Fighting 3. Na luta principal, Floyd Mayweather enfrentará Dan Moore, em peso a ser anunciado .

Confira o card completo do evento:

Luta de Titãs Globais 3
14 de maio de 2022 em Dubai (EAU)
CARTÃO COMPLETO:
Peso a anunciar – Floyd Mayweather x Don Moore (8 rounds de 3 minutos)
Até 88kg – Anderson Silva x Bruno “Caveira” Azeredo (8 rounds de 3 minutos)
Até 59kg – Delfine Parsoon x Maiva Hamadouche (10 rounds de 2 minutos)
Até 91kg – Badou Jack x Hany Atiyo (12 rounds de 3 minutos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.